terça-feira, 29 de julho de 2014

estes dias.


jogámos às escondidas à noite.
 
dei-lhe um banho pela manhã e levei-os às compras.
tirei uma fotografia ao espelho.
  
 comemos m&m's, tomates da horta e pizza no parque.
 
brincámos em túneis e em tendas. marchámos.
 
 tomei conta da minha sobrinha: dei-lhes jantar, adormeci-os, acordei-os, vesti-os e levei-os ao parque.
 
 ele chegou da pesca e dormiu uma sesta. ela tapou-o com guardanapos.
estendi a roupa. tomei banho antes de eles acordarem e demorei mais tempo.
 adormeci-o muitas vezes.

o carro não pegou. eu ajudei-o a andar de bicicleta.
  eles viram os 3 porquinhos. ele ficou zangado por não tomar banho primeiro.
ela gosta de milho.
fomos à praia. finalmente uma estante. e cachorros a 50 cêntimos.
 
verde: tenho sempre plasticina nas unhas.
 ele dá as gargalhadas mais altas. ele come sozinho.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

o tempo não os vai levar.

às vezes eu ligo à minha mãe e pergunto-lhe: pergunto-lhe se também tive varicela. pergunto-lhe com que idade deixei as fraldas. se também não gostava de lavar os cabelos. se chorava a andar de carro. às vezes a minha mãe responde-me: já não me lembro. ela lembra-se de algumas coisas, outras o tempo fê-la esquecer.

às vezes quando caminhamos de mãos dadas tu beijas a minha mão. não páras de andar, não olhas para mim: beijas a minha mão. a minha mão à altura do teu beijo. uma vez eu parei e disse:
deste um beijinho à mamã miguel?
tu olhaste para mim, olhaste para a minha mão.
respondeste-me: sim. sim mamã.
tu tinhas um sorriso no rosto.

eu vou esquecer algumas coisas.
estas não: estas eu não quero perder.
e se o tempo as teimar em levar eu vou ler palavras que ele não consegue apagar: e tu vais ser pequenino: tu vais beijar a minha mão enquanto caminhamos. mesmo nos dias em que já não caminhes sempre ao meu lado. mesmo nos dias em que eu já não possa caminhar: os teus beijos o tempo não vai levar.


terça-feira, 22 de julho de 2014

estes dias.


tenho um problema com meias. porquinha peppa. ele gosta de tomar o pequeno-almoço com o pai. corações e pintas. ele dorme em todo o lado. tivemos dificuldade em perceber o tempo. partilhámos uma sandes de nutella. eles sentam-se juntos. ela adora até os que não conhece. ela pediu sushi. os primeiros tomates maduros. eles tiveram laringite, ficámos em casa. desenhámos o voltoja. eles queriam os dois andar no peixe. o despertador. não estava a chover naquele dia. flores no balde. eles partilharam febre, tosse e mimos. desenhos coloridos. ele adormeceu enquanto eu lia. ela chorou a ver o bambi. ele escondeu-se muito bem.