domingo, 19 de outubro de 2014

num dia diferente.

ontem foi um dia especial. diferente.
quando criei este blogue tinha apenas um objectivo: partilhar. partilhar com vocês, partilhar tudo com eles, um dia mais tarde. no dia que partilhei a história da maria, que num acto espontâneo de generosidade deu o seu único bebé com cabelo, aconteceu: comecei a receber convites, ofertas. aceitei três prendas para os meus filhos: percebi pelas palavras que me escreviam que era importante para quem me as oferecia eu aceitar. recusei todas as outras: roupas caras que eu não lhes visto, coisas que eu não preciso, sítios onde não me iria sentir confortável. a semana passada recebi outro convite: dormir com os meus filhos num hotel de 4 estrelas com direito a bilhetes para o jardim zoológico e acesso aos bastidores para conhecerem os golfinhos. perguntei-lhes o que precisava de fazer em troca. se precisava de pagar alguma coisa. se precisava fazer publicidade. eles disseram: nada. só ir. levei alguns dias para lhes responder. e depois pensei: podia eu dar-lhes esta oportunidade um dia? provavelmente não. e foi por isso que, humildemente, eu aceitei. a maria e o miguel estavam ansiosos por irem ao zoo. eu e ele ansiosos por tomar banho numa banheira: temos um quadrado que é tão pequeno. a minha mãe riu-se quando lhe liguei a perguntar se precisava levar toalhas. descobri mais tarde que também não precisava de ter levado o secador de cabelo. vi a cara deles: foi a primeira vez que entraram num hotel de 4 estrelas. foi a primeira vez que eu dormi num. era bonito. foi divertido vê-los admirados com tudo: com cartões que abriam portas, com uma televisão fininha pendurada na parede, com um corredor tão comprido, com um elevador que tinha música. aquela vista de um 9º andar para uma lisboa cheia de luzes, tão diferente do nosso rés-do-chão.
e depois dormimos: todos na mesma cama. 
este ano não tivemos direito a férias: aquela noite disse à maria que estávamos de férias. ela sorriu. ela passou o verão todo a pedir férias: ela pedia sempre que eu dizia que os amigos não estavam no parque porque tinham ido de férias. eu também quero ir, dizia ela.
eu não tomei o tal banho de imersão: tomei um duche rápido enquanto o miguel dava gargalhadas escondido num roupeiro vazio. a maria ficou encantada com tudo o que era pequenino. perguntou-me se podia ficar com ele e eu disse que sim. ela olhou para mim de olhos bem abertos e perguntou: a sério? ela tinha as duas mãos juntas e no meio lá estava ele: aquele sabonete tão pequenino. durante o pequeno-almoço dei-lhe um pacote pequenino de marmelada, um frasco pequenino de doce de morango: ela sorriu e guardou-os no bolso. como tesouros.
fiquei feliz por ter dito que sim, que aceitava. às vezes digo que não porque acho que me vou sentir a mais: eu, de calças de ganga e t-shirt velha. com cabelo frisado e sobrancelhas por arranjar. digo que não: não a jantares com amigas, a fotografias com muita luz, a sítios que não sejam a minha casa. perco oportunidades. fiquei feliz por ter dito que sim: por lhes ter dado esta oportunidade. fiquei feliz quando a maria tocou naquele golfinho e se virou para mim: ela tinha o sorriso mais bonito. ela estava feliz: tão feliz. o miguel viu as girafas, os macacos e os elefantes: ele disse muitas vezes que estava feliz. e ele ficou feliz com ovos e bacon para o pequeno-almoço. 
pensei se devia escrever isto aqui: a tal publicidade que chateia. não tinha de o fazer. mas ontem foi um dia especial e era isso que eu queria partilhar. só isso: estas palavras, estas imagens. foi um dia especial para eles. por isso vou agradecer, só desta vez, ao novotel: obrigado, por todos os sorrisos. foi um bom dia. especial: como um sabonete pequenino que hoje encontrei escondido debaixo da cama. sei que ela vai guardá-lo para sempre. como um tesouro das nossas férias.


28 comentários:

  1. Que bom que se divertiram.
    Desejo tudo de bom, sempre.
    Bjos

    ResponderEliminar
  2. Como gosto deste blog... obrigada pelas partilhas.

    ResponderEliminar
  3. Que bom =)
    Ainda bem que teve oportunidade de lhes criar estas memórias.

    ResponderEliminar
  4. As coisas boas devem ser partilhadas. Esta "publicidade" à felicidade não chateia, nunca :)

    ResponderEliminar
  5. Fico feliz por vocês e pela generosidade que tu, Vera, pelo registo e partilha da vossa encantadora família, consegues desencadear. São sentimentos bonitos que partilhas e o que recebes é só o reflexo desse coração aberto, repleto de Amor. Deste lado, ficamos a sentir um imenso carinho por vocês, mesmo sem vos conhecer... eu entendo quem vos procura, porque se eu pudesse também vos procuraria, não para ajudar porque não acho que necessitem de ajuda, como já disseste vocês têm tudo... se eu pudesse queria dar-vos oportunidades, só isso. E se eu pudesse, era num balão de ar quente que vos poria, a sobrevoar o que é simples, e deixar-vos subir pelo calor do vosso coração. Obrigada Vera pelo exemplo e lição de vida que nos dás.

    ResponderEliminar
  6. Tão bom!
    Obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
  7. Li este post e fiquei de coração cheio! :) dás aos teus filhos o que de mais precioso tens (amor e dedicação) e sabes que tudo o resto é secundário! <3

    ResponderEliminar
  8. Lindo lindo lindo! Este texto está qualquer coisa de muito bom! Parabéns por seres assim! Parabéns por teres aceite a oferta do Novotel! E eu gostava tanto de te conhecer! De vos conhecer! Sou do norte, de longe portanto! Mas um dia gostava que o meu pirata brincasse com os teus! Tão genuínos os teus filhos! Mais uma vez...PARABÉNS pelas pessoas que sois.

    ResponderEliminar
  9. Que bom! Fizeste tão bem aceitar, por vocês e por eles! <3

    ResponderEliminar
  10. Adorei o post, uma sinceridade e honestidade rara nos dias que correm. Bem haja! Bjs

    ResponderEliminar
  11. Fizeste tu muito bem em aceitar :) De certeza que passaram um dia em família maravilhoso, com experiências que vão ficar na vossa memória e no vosso coração... :) Eu só posso agradecer por partilhares aqui connosco: não me importa a "publicidade", tudo o que tu escreves é maravilhoso, é do coração (nota-se a léguas!), é genuíno, é bonito... O teu agradecimento é isso mesmo, um agradecimento. Nada mais :) E sempre com estas fotografias tão bonitas... :) Adoro vir cá ler-te e fiquei muito feliz por terem aproveitado esta oportunidade :)

    ResponderEliminar
  12. Gostei muito deste texto, como sempre gosto do que encontro neste blog. Tanta ternura... :)

    ResponderEliminar
  13. Ainda Bem que aceitaram! Vcs merecem dias assim: felizes!!!! O melhor do Mundo é mesmo ver a Felicidade nos rostos dos nossos filhos.

    ResponderEliminar
  14. Ainda bem que aceitaram. Foi um dia único e especial, só para pessoas especiais. Vai ficar na vossa memória. Muito melhor que qualquer semana de férias. Adoro a maneira como escreve, adoro as palavras bonitas que nos transporta para a história que contam.

    ResponderEliminar
  15. Ofertas dessas não se recusam mesmo!! Eu pelo menos não recusaria! :P
    Se te deram a oportunidade de poderes usufruir de algo sem contrapartidas (mesmo que fosse só pela publicidade), que se calhar de outra forma não conseguirias, porque não?? Os miúdos adoraram, nota-se pelas carinhas deles que irradiam felicidade, os papás aproveitaram que também merecem, por isso só te podes sentir bem! Para a próxima, nem penses duas vezes!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. podia ter dito o nome do hotel ...por gentileza , assim a malta também podia aspirar a vivenciar a mesma experiência .
    gostei

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) olá diogo, está lá o nome: novotel. obrigada!

      Eliminar
  17. Que doce ! Parabens por contruir memórias tão belas e nos fazer acreditar que basta muito pouco para sermos felizes. Muitas felicidades. Que a doçura nunca vos abandone.

    ResponderEliminar
  18. E às vezes é apenas preciso dizer Sim à vida. Porque se dizemos tantas vezes sim às coisas más...merecemos também as boas :) E certamente merecem! Pelo testemunho, por nos fazer pensar, por, no meu caso, me fazer pensar, repensar, o que é isto de ser mãe de dois, sermos quatro, os desafios... Dizer que Sim, dizer mais vezes Sim à vida...o resto, as sobrancelhas, as t-shirts...vêm com o tempo e são cenário! Obrigada :)

    ResponderEliminar
  19. Impossível não sorrir! :)

    ResponderEliminar
  20. Parabéns pela essência da tua escrita!

    http://apenultimabolachadopacote.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  21. Gostei muito de ler principalmente a parte dos tesourinhos tão especiais que ela foi acumulando :) É lindo ver a felicidade na cara dos nossos filhos. Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  22. E que felicidade tão grande se nota nos rostinhos deles.

    ResponderEliminar
  23. Amei! Parabéns por tudo. Sinceridade, amor, partilha.

    ResponderEliminar
  24. Deve ter sido um belo dia! Eles merecem!!!!!

    www.margaridaflordaminhavida.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  25. Que belo dia! no dia de anos do meu filho, fizemos o mesmo e eles foi fantástico**

    ResponderEliminar