sexta-feira, 25 de julho de 2014

o tempo não os vai levar.

às vezes eu ligo à minha mãe e pergunto-lhe: pergunto-lhe se também tive varicela. pergunto-lhe com que idade deixei as fraldas. se também não gostava de lavar os cabelos. se chorava a andar de carro. às vezes a minha mãe responde-me: já não me lembro. ela lembra-se de algumas coisas, outras o tempo fê-la esquecer.

às vezes quando caminhamos de mãos dadas tu beijas a minha mão. não páras de andar, não olhas para mim: beijas a minha mão. a minha mão à altura do teu beijo. uma vez eu parei e disse:
deste um beijinho à mamã miguel?
tu olhaste para mim, olhaste para a minha mão.
respondeste-me: sim. sim mamã.
tu tinhas um sorriso no rosto.

eu vou esquecer algumas coisas.
estas não: estas eu não quero perder.
e se o tempo as teimar em levar eu vou ler palavras que ele não consegue apagar: e tu vais ser pequenino: tu vais beijar a minha mão enquanto caminhamos. mesmo nos dias em que já não caminhes sempre ao meu lado. mesmo nos dias em que eu já não possa caminhar: os teus beijos o tempo não vai levar.


11 comentários:

  1. Melhor diário que este não existe! Bj

    ResponderEliminar
  2. Tão bonito... Obrigada :)

    ResponderEliminar
  3. Assim não vale.. Puseste me a chorar de tão lindo...

    ResponderEliminar
  4. Maravilhosas palavras! ♥

    ResponderEliminar
  5. Mesmque a mente te finte tens sempres estas palavras para relembrar :)

    ResponderEliminar
  6. Simplesmente lindo…
    Aproveite fazer essas perguntas á sua mãe, sinal que a tem ao seu lado…quem me dera…quem me dera um dia ter dúvidas relativamente aos filhos e ter a minha ao meu lado, aproveite!!! Mesmo que ela não se lembre :)

    ResponderEliminar
  7. Estas recordações o tempo não vai levar!~
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar