quarta-feira, 25 de junho de 2014

obrigada.

obrigada.
só posso agradecer tanto carinho.
nunca imaginei que a lição de generosidade que a pequena maria me deu fosse ser tão partilhada: que fosse inspirar e emocionar tantos de vocês que por aqui passaram.
obrigada aos que nos últimos dias têm partilhado comigo as suas histórias de vida maravilhosas, algumas mesmo com tantas dificuldades.
obrigada a todos os que queriam oferecer à maria bebés com cabelo, brinquedos e roupas, um gesto lindo que eu vou com todo o carinho e respeito recusar.
este blogue nunca teve muitas visitas e nunca foi esse o objectivo. quando escrevi o texto nós temos tudo, escrevi-o com a mesma intenção que escrevo todos os outros: para guardar aquele momento para sempre. para um dia o ler à maria. ao miguel. sinto, no entanto, que depois de ter chegado a tanta gente tenha sido por vezes mal interpretado: é verdade que nós não temos muito dinheiro, mas não nos falta nada, a sério. ainda temos amaciador para os lençóis, um sofá de 4 lugares e tv cabo:  para o senhor que me perguntou (sem maldade) porque tinha eu 74 canais se passava por tantas dificuldades: nós temos tudo. temos sempre arroz na despensa. por isso agradeço a todos os que nos últimos dias me escreveram mas há quem precise mais do que nós.
tanta generosidade e carinho de pessoas que nem nos conhecem. tão bonito e tão bom.

obrigada.


a todos os que nos queriam dar roupa e brinquedos: visitem esta página.

8 comentários:

  1. Adorei esse post e percebi que a vossa família tinha tudo mesmo. Bateu-me uma inveja (da boa claro) e senti que vocês têm o que precisam e estão a passar aos vossos filhos o que há-de melhor na vida.
    Beijinhos e vou continuar a vir aqui pois este é um blog muito saudável :-)

    ResponderEliminar
  2. Nós é que agradecemos a partilha da lição da Maria. Mas a Maria é como é também porque está a ser bem educada, disso não tenho qualquer dúvida. Muitas felicidades para todos!

    ResponderEliminar
  3. Descobri este blog há sensivelmente 3/4 meses e devo dizer que me tenho apaixonado um bocadinho mais, sempre que leio um novo post. Tenho 21 anos mas este blog, com as suas histórias e fotografias, inspira-me a criar uma família idêntica, quando chegar a altura.
    Um beijo do fundo do coração e toda a felicidade do mundo.
    P.s. - Talvez por me chamar Maria Miguel o blog me tenha logo, logo cativado a atenção.
    Mais uma vez, um grande beijo. :)

    ResponderEliminar
  4. encontrei a história da Maria bem por acaso numa partilha do FB, fiquei de lágrimas nos olhos porque me revi bem nessa história, nós aqui também estamos os dois desempregados com uma pequena de 2anos e meio e um 2.º a caminho, mas a verdade é que nas dificuldades temos tudo! comida na mesa e até espaço para pequenas extravagâncias, gelados na esplanada e café, brinquedos de vez em quando e até conseguimos tirar uma semana para ir de férias a casa de familiares ;) a história lembrou-me que por vezes é mais importante olharmos para o bom que temos ao invés de lamentarmos o que já não temos, e que melhores dias virão! obrigado pela partilha e felicidades!!!!
    PS- estive a ver e no meio de nenucos e outros bebés que tais aqui em casa também não há bonecas com cabelo!!!!! Mas não fazem falta!!!! ;)

    ResponderEliminar
  5. Este blog é das coisas mais simples, autênticas e bonitas que tenho lido nos últimos anos.

    ResponderEliminar
  6. De nada :-)
    Eu não comentei o post na altura por fiquei sem palavras. Não sabia o que dizer.
    Fiquei emocionada e partilhei-o com a minha família.
    Fui voluntária com crianças e jovens durante muitos anos. Ainda hoje acompanho alguns desses jovens. E sei que não há nada mais bonito do que este sentimento de estarmos cá todos uns para os outros. :-)

    ResponderEliminar
  7. Li por uma partilha e partilhei também :) E a verdade é que quem o leu, também resolveu partilhar. A forma como tantas pessoas, eu inclusivé, nesta hsitória...fez com que tocasse a tanta gente. E isso é bom. Algo de novo renasce a cada dia, quando se pensa que nos falta algo. Obrigada pela partilha :) Estamos vários e muitos assim também...com dias muito, muito ricos do que realmente faz falta <3

    ResponderEliminar
  8. Gostei :) deste post e do que deu origem a este. E acho que também gosto de ti.

    ResponderEliminar