terça-feira, 30 de julho de 2013

ela.

vamos ao mesmo parque desde que a maria nasceu. nos dias que não são diferentes estamos lá. todas as manhãs e todas as tardes. "os meninos" sabem o nome dela.
ela sente-se em casa no parque. há dias em que fica sozinha a apanhar folhas e a observar os pombos.  há outros em que brinca com "os meninos". todas a manhãs a maria separa brinquedos para levar para o parque. e vai dizendo o nome dos meninos. há sempre um brinquedo que ela nesse dia não vai partilhar. eu não a obrigo: é o seu brinquedo especial do dia.
também leva bolachas para todos e fica feliz quando as distribui.
no parque a maria é a que se ouve mais alto. é a que grita mais. a que dá mais gargalhadas. a que corre mais. é a menina que chama por todos. não se importa quando a ignoram. nem quando cai.
eu observo-a todos os dias e penso. e desejo: espero que ela seja na vida como é no parque:
não é sempre a criança mais inteligente, nem a mais bem vestida. não é certamente a mais rica, nem a mais destemida: mas parece ser sempre a mais feliz.

ela é livre.
espontânea.
alegre.
generosa.
ela é livre.
 

 

4 comentários:

  1. E a mamã sempre um orgulho sem tamanho! :-)

    ResponderEliminar
  2. que princesa linda!

    ResponderEliminar
  3. a maria é das miudas mais bonitas que tenho visto nos ultimos tempo. parabens!

    ResponderEliminar