quinta-feira, 9 de agosto de 2012

a maria e a matilde.

foi uma feliz coincidência: eu e a minha irmã mais nova grávidas na mesma altura.
quando eu estava de 20 semanas, a minha irmã já esperava ansiosa do alto das suas 37.
não esperou muito mais.

































eu não sabia o que era ser tia.
quando descobri que estava outra vez grávida o meu maior medo era não conseguir amar tanto este filho como amo a maria. era ser menos para ele do que sou para ela.
mas entretanto nasceu a minha sobrinha.
e eu percebi que o amor não se esgota, nem se divide. só se multiplica.


ser tia também me mudou. e tornou-me mais numa "irmã mais velha". mais protectora.
e a maria, sempre doce e cuidadosa, adora a prima. gosta de lhe tocar nas mãos. e ri-se.
e eu adoro vê-las juntas. aquece-me o coração.











3 comentários:

  1. Oh, que fotos ternurentas. Parabéns duplamente, pela gravidez e pela sobrinha Matilde. Que tenham um futuro risonho.
    Tens razão, o amor dá frutos, é como o milagre dos pães e dos peixes que se multiplicaram desmedidamente...
    Muitas felicidades menina linda

    Beijinho da Ruthia
    http://bercodomundo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. As mamãs são lindas e a tua Maria é a menina mais gira...

    ResponderEliminar
  3. Que fotos amorosas! Vou ficar fã deste blogue!

    ResponderEliminar