sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

isto é piegas.

eu e o meu namorado nunca comemorámos o dia dos namorados. por várias razões mas principalmente porque, como ele é chef e eu era empregada de mesa, o 14 de fevereiro era aquele dia do ano em que o restaurante enchia duas vezes e os casais se atropelavam uns aos outros para conseguirem a melhor mesa. acho que isso também contribuiu para que nenhum de nós gostasse particularmente da data.
mas estes últimos meses foram dedicados à maria. o romance ficou um bocadinho de lado e de namorados passámos essencialmente a pais. acho que com o tempo vamos aprender a equilibrar as coisas, mas por tudo isto este ano decidi que lhe devia dar alguma coisa. os homens às vezes podem ficar um bocadinho ciumentos quando passamos a concentrar quase toda a nossa atenção nos filhos. totalmente normal. e depois dizem coisa como: agora já não gostas de mim, só gostas da maria. sim, é o que ele diz. quando me pede para me deitar com ele no sofá e eu lhe digo que não posso, que vou fazer a sopa à maria. que vou fazer tudo aquilo que não consigo fazer quando ela está acordada. é nessa altura que ele diz isso com voz de menino mimado.
e por isso fiz-lhe isto, para o lembrar que gosto dele sim e por várias razões. 100 razões. (queria fazer 365, mas sou mãe de uma menina muito activa).
podem escrever tudo, do mais profundo ao mais insignificante. as pequenas coisas.
100 razões porque te adoro.
e têm sempre a variante 100 razões porque devias namorar comigo. para passarem o 14 de fevereiro muito felizes, num restaurante muito cheio.

6 comentários:

  1. Mas que ideia tão bonita. :)

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito e não achei nada piegas... dito por quem, quase todos os dias, esconde um bilhetinho na lancheira onde segue o almoço do mais-que-tudo :). Bom fim-de-semana :). Rosália*.

    ResponderEliminar
  3. Parece-me que vu copiar ^^ Adorei. Mesmo bonito

    ResponderEliminar